top of page

Como descobri a psoríase e como convivo com ela – Relato de Monnike Falcão

Eu sei que muitas de vocês (que sofrem ou convivem com quem sofre de diferentes tipos de psoríase) estão interessados em saber sobre a luta da Monnike com esta doença de pele psico-somática.

Alguns dias atrás ela fez um IGTV (clique aqui para ver) contando um pouquinho mais sobre a história dela com a psoríase. E me pediu para registrar tudo aqui no blog, assim vocês podem tirar dúvidas, compartilhar com outras pessoas e dividir a história de vocês com a gente ;)

Quando se ouve "psoríase", provavelmente se pensa em pele vermelha e irritada. E embora isso seja parcialmente o que é, a psoríase é muito mais profunda do que isso. A psoríase é na verdade uma condição crônica que traz muitos sintomas físicos e emocionais que não têm apenas a ver com a pele de uma pessoa.

A psoríase é uma doença auto-imune que ocorre quando o sistema imunológico de uma pessoa envia "sinais defeituosos" e faz com que as células da pele cresçam muito rapidamente, explica a Academia Americana de Dermatologia (AAD). Como resultado, as células se acumulam na superfície da pele, formando essas lesões características da psoríase.

As pessoas que sofrem de psoríase podem ter crises de pele que aparecem como manchas vermelhas, escamosas e/ou com coceira - e podem surgir em qualquer lugar do corpo que podem aparecer de maneira diferente na pele e apresentar sintomas específicos onde haja pele (incluindo couro cabeludo, pálpebras, cotovelos, joelhos, etc.).

A Monnike foi diagnosticada com psoríase gutata e hoje está concentrada apenas no couro cabeludo. Mas, aos 14 anos, quando ela começou a desenvolver os sintomas as erupções apareciam por todo o corpo.

Passar pela adolescência já não é uma tarefa fácil, imagina estar sofrendo com uma doença de pele durante essa fase.

Nesse momento ela sentiu sua autoestima cair vertiginosamente.


E toda vez que seu emocional estava debilitado era quando a doença vinha com mais força.

*Tentamos achar uma foto melhor para vocês visualizarem as manchas de pele, mas nessa época a Monnike se sentia traumatizada e ainda não gostava de tirar fotos.

A pele é um órgão importante do nosso corpo. Quando há uma doença visível, é claro que pessoas conhecidas ou desconhecidas perguntarão curiosamente sobre o tratamento, as causas e muitas outras coisas. Eu sei que muitos não pretendem ferir, mas mesmo assim - isso fere!


E como lidar com a psoríase??

A Monnike, a princípio, ignorou seu diagnóstico - tentou negá-lo para ser apenas uma adolescente normal. Mas o seu normal era ter psoríase, e foi só aos 23 anos que ela mudou sua definição de normal.

Foi necessário muito esforço e dedicação para conhecer mais sobre a doença e como não se deixar dominar. Já que não tem cura, tudo o que podemos fazer é nos tornarmos maiores do que ela.

E foi o que a Monnike fez. Muito disso, graças a sua mãe que não media esforços para encontrar os melhores médicos e tratamentos, mas também a sua própria busca por controle emocional.

A psoríase não é hereditária. Nem é contagiosa, mas a mente e os olhos de quem sofre essa condição está presa nas erupções cutâneas. O aspecto psicológico - o estresse mental pode durar mais do que as crises de pele.

Foi na TERAPIA que ela aprendeu a liberar suas emoções e também a ter controle sobre elas. E na autoanálise ela encontrou forças para lidar com seu emocional.

Outra mudança drástica que ela teve que enfrentar foi na alimentação. Uma dieta irregular apenas aumentaria as erupções cutâneas em seu corpo, então ela cortou tudo que poderia causar inflamação – açúcar, glúten, lactose... (para o caso de quem fuma, esse hábito também tem que ser cortado, ok?).

Ela tomava sol para esconder as manchas brancas na pele e com o tempo percebeu que não surgiram novas manchas - era a doença sendo controlada!

A última dica, e mais importante, de como lidar com a psoríase é: ORAÇÃO

Além de colocarmos nossa vida na presença de Deus, a oração alivia o estresse, que são um dos principais fatores de risco para doenças. É também uma maneira poderosas de manter uma perspectiva positiva e superar com êxito as provações que chegam a todos nós na vida.

“A paz, o senso de significado e conexão que acontece com a oração é o que é positivo. Esses tipos de coisas têm efeitos fisiológicos no corpo, como acalmar o sistema cardiovascular e reduzir o estresse".

A oração e a meditação podem melhorar e proteger sua saúde emocional!

103 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page