top of page

Os looks confortáveis não surgiram com a pandemia e não irão sumir quando ela acabar

Nós usamos calça de cintura baixa (thanks Britney); gravata com regata (thanks Avril); vestido de bandagem e agora estamos passando pelo o que eu acredito ser a melhor fase da moda - o Elegant Comfort - são looks confortáveis e com ar elegante, que funcionam tanto para ficar em casa quanto para sair (thanks Ateliê das Duas).



Já que diversas pessoas ao redor mundo estão confinadas em suas casas houve um aumento na procura por roupas confortáveis - moletons, vestidos de seda, mom jeans, caimentos despojados e tecidos macios. Mas essa tendência não surgiu com o coronavírus e nem irá terminar quando a quarentena acabar.


Veja aqui os motivos:


1- Conectividade

Uma vez que tudo está disponível on-line, ficou mais fácil preencher as necessidades do dia a dia sem ter que sair de casa.

Novas tecnologias como, smart TVs, soundbars, serviços de streaming, aplicativos de entrega de comida, sites de relacionamento, home offices, provocaram uma mudança radical nas nossas vidas. Ficar em casa se tornou a nova balada!

Há cada vez mais procura por peças confortáveis, mas que sejam suficientemente fashion para se sair de casa com elas.



2- Bem-estar

A necessidade de buscar tranquilidade e conforto, em uma era ditada pelo ritmo frenético e pela ansiedade ganharam novos significados e provocaram mudanças de comportamento.

Essa mudança de valor foi responsáveis pelo aumento de US$4,2 trilhões na indústria de bem-estar. Práticas de autocuidado como máscaras faciais, velas aromáticas, aplicativos de meditação são alguns exemplos de produtos que tiveram um aumento exponencial nas vendas .

Na industria da moda o foco está nas peças confortáveis que tragam texturas aconchegantes despojadas e protetoras. O resultado são peças largas e descontraídas.


3- Sustentabilidade

Depois de um período definido pela fartura de opções e hiper-consumismo nós nos tornamos mais conscientes do seu impacto no planeta.

Impulsionados pelos avanços tecnológicos e por uma mudança social as decisões de compra são definidas por essas preocupações de sustentabilidade e longevidade. Atendendo ao minimalismo, os looks são clean, elegantes e funcionais. As peças são desenhadas para durar, com mínimos detalhes e grande versatilidade.


A pandemia de coronavírus está se configurando para ser o maior fator global de mudanças na nossa vida.

Como resultado, as pessoas estão priorizando o conforto e os rituais de autocuidado. Estão interessadas em fazer compras no próprio ritmo e ditam as regras de atendimento. com negociações comerciais simplificadas, comunicações unificadas e relacionamentos transparentes.

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page